• Luciano Arruda

A Psico na Cultura: Letra da música: Psycho Therapy - The Ramones

Olá tudo bem por aí?


Hoje vamos dar uma analisada na letra de Psycho Therapy do grande The Ramones e entender o que ela tem a ver com a Psicologia.


A banda Ramones foi fundada em meados dos anos 70 na cidade de Nova Yorque é uma das pioneiras do Punk Rock e muito influente por várias gerações.


Não sou um grande fã de Punk Rock, mas gosto bastante dos Ramones, e tenho um carinho muito especial pois foi a primeira banda que assisti ao vivo no longínquo ano de 1994, e depois assisti novamente em 1996, sim estou velho já :D.


Os Ramones são conhecidos por suas letras ácidas com críticas sociais e um humor um tanto peculiar, muito próximo ao da clássica revista MAD por exemplo.


Então antes de começar a falar, vamos fazer uma tradução livre desse clássico presente no álbum “Subterranean Jungle” lançado em 1983. Aqui você pode assistir ao clipe da canção:





Psicoterapia


Psicoterapia, psicoterapia, psicoterapia


É tudo que eles querem me dar


psicoterapia, psicoterapia, psicoterapia


É tudo que eles querem me dar


Sou um adolescente esquizofrênico, daquele tipo que seus pais odeiam


Psicoterapia e agora meus olhos brilham.


Eu sou um adolescente esquizofrênico


Delitos e brincadeiras de mal gosto são legais


Psicoterapia vou matar alguém.


Psicoterapia, psicoterapia


Gosto de tomar “bolinhas” (anfetaminas), me deixam ligado e cruel.


Sou um adolescente esquizofrênico, sou um demônio “dopadão”.


Sou um moleque do hospício, um moleque da zona psiquiátrica.


Psicoterapia eu vou roubar sua casa!


Psicoterapia, psicoterapia



Haha, acho que você não esperava por essa não é mesmo? Mas vamos lá tem bastante coisa interessante nessa letra.


Lembra quando eu falei sobre a acidez das letras dos Ramones e o humor um tanto peculiar? Pois bem, isso está completamente visível aqui, explico.


A visão da letra é clássica visão antiquada e preconceituosa de que a psicoterapia é usada somente para tratar “loucos” e pessoas com graves distúrbios.


A letra é também uma crítica aos reformatórios, muito comuns na época em que foi escrita, trata daquela velha ideia; você tem problemas vá se tratar numa instituição e saia fora do convívio com a sociedade.


Infelizmente hoje é ainda muito comum essa ideia da Psicoterapia como “tratamento para doidos”, muitas pessoas me perguntam no dia a dia como é lidar com loucos, é triste porém realmente acontece.


Diferente no entanto, a terapia está aberta a todos, não é o foco da Psicologia tratar distúrbios, mas sim promover saúde e bem-estar mentais, a Psicoterapia existe para te ajudar a lidar com dilemas do trabalho, melhorar suas finanças, lidar melhor com as pessoas a sua volta, se focar em coisas prazerosas e saudáveis abandonando hábitos destrutivos, enfim a terapia te ajuda a viver melhor, e não simplesmente “curar doidos e problemáticos”.


Escute bastante Ramones, não tenha essa mentalidade atrasada de terapia como coisa de loucos.


A Psicoterapia está de portas abertas e mais acessível do que você imagina, ela melhora vidas, converse com um terapeuta, faça pelo menos um teste para entender os benefícios.


Um ótima semana para você!


Escrito por Luciano Arruda, Psicólogo e fundador do Fluidez Mental, é também um fã de Ramones e suas letras ácidas, seu contato é: consulta@lucianoarrudapsicologo.com.br


3 visualizações
 

Formulário de Inscrição

©2020 por Fluidez Mental (Onde o pensamento é livre). Orgulhosamente criado com Wix.com