top of page

Como escolher uma plataforma de Psicologia para prestar serviços.

Olá, tudo bem por aí?


Hoje gostaria de escrever um texto para meus colegar psicólogos, quero falar um pouquinho sobre as plataformas para atendimento online.


Nos últimos tempos, tem surgido na internet muitas plataformas onde é possível para nós, profissionais da psicologia, prestarmos serviços de atendimento aos pacientes. Com o surgimento de tais plataformas surge também uma dúvida entre os colegas; Qual plataforma escolher?


Resolvi colocar aqui nesse breve texto um caminho para suas reflexões, baseado puramente em minhas impressões pessoais, e logo de cara aviso, até hoje nenhuma das plataformas me agradou totalmente, portanto ainda não presto meus serviços para nenhuma delas.


Vamos pelo princípio, tais ferramentas prometem facilitar o acesso de nós profissionais da saúde aos pacientes, facilitando inclusive o atendimento por meio de convênios médicos, a premissa é nobre sem dúvidas, porém elas cumprem seu papel?


A primeiro coisa a ser verificada ao meu ver é a transparência da plataforma, no site estão todos os dados tais como CNPJ, meios de contato, endereço físico, nome dos responsáveis? Creio que não constando qualquer uma dessas informações já poderíamos de cara descartar prestar serviços para tais empresas.


Não há dúvidas, toda empresa precisa faturar, essa é a razão principal da existência empresarial, caso contrário não teríamos uma empresa e sim uma associação sem fins lucrativos, e não se enganem caros colegas, o faturamento de tais empresas provêm principalmente do pagamento das mensalidades dos associados.


Tendo em vista o pensamento do parágrafo acima, essa informação está clara e visível para você? Ou será que você precisa entrar em contato com alguém para descobrir tal valor? Lembrando que ocultar qualquer preço de serviço ou produto fere o Código de Defesa do Consumidor, ou seja: onde não há informação clara de preços, há um crime contra o consumidor da plataforma, ou seja nós profissionais da Psicologia.


Falando em contato, como funciona com essa plataforma? Existe um telefone? Um endereço físico? Um e-mail? Um chat? Como se comunicar com a plataforma é um ponto a ser levado em questão, quanto mais forma de fazer, melhor.


Como é a reputação de tais plataformas entre os colegas? Entre o público em geral? Existem muitas reclamações? Os elogios são feitos por pessoas reais ou robôs programadas para tais fins? Você conhece pessoalmente alguém que já tenha feito o uso da plataforma seja paciente ou profissional?


Como é o sistema de buscas dos profissionais dentro da plataforma, é possível pesquisar por abordagem? Especialidade? Tempo de atuação? Ou será que não é possível pesquisar nenhum profissional, somente os recém agregados aparecem nas primeiras páginas? Não ser localizada ou localizado em meio a centenas de colegas não me parece um bom negócio.


E sobre localizar, muitas dessas plataformas prometem atendimento aos pacientes de convênios, a minha pergunta porém é? O futuro paciente consegue te achar por meio do aplicativo de seu plano de saúde? Se ligar na central de informações do plano, contará atendimento por plataforma XYZ? Caso não seja possível, como os pacientes chegam até você?


Pegando o gancho do parágrafo acima, uma das facilidades vendidas pelas diversas plataformas é a possibilidade de você se concentrar somente em seus atendimentos, deixando o marketing a as questões burocráticas à cargo deles, e minha pergunta é: Estão cumprindo com isso? Existe uma campanha de marketing da plataforma atraindo pacientes? Você já viu?


Enfim, são várias as questões a serem pensadas à respeito, várias dúvidas e poucas respostas. Eu ainda não encontrei nenhuma plataforma em que me senti confortável de prestar meus serviços e pagar por isso, e você?


E deixo ainda uma reflexão final:


Caso você você um paciente em busca de terapia, onde iria procurar por esse serviço?


Escrito por Luciano Arruda: Psicólogo e fundador do Fluidez Mental, seu contato para qualquer tipo de dúvida é: consulta@lucianoarrudapsicologo.com.br



83 visualizações0 comentário

Commentaires


Post: Blog2_Post
bottom of page