• Luciano Arruda

Leis Imaginárias

Olá tudo bem por aí?


Hoje eu queria falar um pouco sobre um problema grave que afeta a maioria das pessoas a criação de “leis” imaginárias.


Vou usar uns exemplos para facilitar as coisas.


Tempos atrás um amigo estava desempregado com muitas dívidas e após ser recrutado por uma empresa recusou o cargo pois teria que vestir um uniforme de cor verde, e segundo ele corintiano não veste verde...


Gosto bastante de uma banda chamada Body Count, essa banda foi fundada por um rapper americano chamado Ice T, apresentei essa banda para um amigo fã de rap, que se recusou a ouvir dizendo que rock é coisa de branco...


Tem mais; por vários motivos que qualquer dia eu explico aqui eu não dirijo, não ligo para automóveis, pois em uma conversa com outro amigo ele me disse algo como: Não sei como você sobrevive sem carro, quando eu tenho que andar ou usar transporte coletivo me sinto até menos homem...


Percebeu algo em comum nas três narrativas? Sim meus amigos criaram leis imaginárias que não fazem o menor sentido e ainda por cima os prejudica, pois geralmente essas leis imaginárias prejudicam demais o próprio “legislador”.


Agora pense um pouquinho e lembre quantas vezes você não criou essas leis para te prejudicar, em comum elas não fazem sentido e começam com expressões como: Eu tenho que..., Eu não posso...


Para viver em sociedade temos que seguir leis, normas e regulamentos, agora preste atenção se você não está criando algumas que só te causam prejuízos!


Uma boa semana para você!!


Escrito por Luciano Arruda, Psicólogo e fundador do Fluidez Mental, seu contato é: luciano@fluidezmental.com.br



5 visualizações
 

Formulário de Inscrição

©2020 por Fluidez Mental (Onde o pensamento é livre). Orgulhosamente criado com Wix.com