• Luciano Arruda

Modelo A.R.T.E.S

Olá tudo bem por aí?


Hoje vou falar de uma coisa bem prática que uso bastante nos atendimentos, o modelo A.R.T.E.S. de realização de objetivos, ele é uma tradução minha do S.P.A.R.K.S protocol de Harris muito usado em terapia.


Antes de começar as vezes é até mais difícil criar um objetivo para vida do que realizá-lo, então você precisa fazer um exercício simples de colocar metal e objetivos a serem alcançados na sua vida, e a melhor maneira de fazer isso é pegando um pedaço de papel e escrevendo, pois quando você escreve organiza melhor os pensamentos, se você simplesmente imaginar, daqui a pouco vai pensar em algum boleto para pagar e acabará esquecendo, então escreva.


Então com o objetivo devidamente escrito vamos aplicar o modelo A.R.T.E.S e entender se o objetivo é realizável, compensador e qual seu custo financeiro, físico e mental.


Como você deve ter reparado o A.R.T.E.S é acrônimo e cada letra vai significar uma etapa do modelo.


A- Vem de adaptativo, o que você precisa adaptar na sua vida atual para encaixar esse objetivo? Precisa mudar de emprego por exemplo? Precisa mudar de país talvez? Precisa encaixar uma rotina pesada de estudos? Quando você enxerga a adaptatividade de sua rotina ao objetivo começa a perceber seu custo, nessa hora pode ser que seu planos mudem um pouco ou se posterguem, mas realmente sem essa adaptação seu objetivo não pode seguir


R- Realístico, aqui é aquele momento em que você vai perceber se realmente seu objetivo pode caminhar ou não, se ele não for compatível com a realidade é hora de voltar ao papel e redesenhar sua plano, por exemplo eu tenho 2 metros de altura e mais de quarenta anos então é totalmente fora da realidade querer disputar as olimpíadas no salto à cavalo.


T- Tempo definido, aqui a coisa é simples, quando você define um tempo para realizar cada etapa do seu objetivo as coisas caminham de maneira mais uniforme, deixar tudo aberto sem um tempo para realização geralmente transforma sua meta em pó, quer um exemplo? Suponhamos que você começou a tocar um instrumento musical e quer aprender determinada música. Coloque um tempo definido para isso pois o simples ato de falar um dia eu vou… deixa tudo distante demais.


E- Específico, quanto mais específico for seu objetivo mais simples será encontrar o caminho, quando deixamos as metas muito em aberto os caminhos começam a ficar obscuros e logo desistimos, na prática é assim: Uma coisa é eu dizer que quero viajar, outra é dizer que pretendo viajar para local X, tendo isso na cabeça eu vou estudar muito mais sobre o destino e consigo facilitar demais as coisas.


S - Finalmente chegamos a letra final do acrônimo o S de significativo. Quão significativo esse objetivo é para você? É você mesmo quem quer realizar isso ou é algo cobrado pela sua família, pela sociedade, pelo mercado pelo seu chefe? Quando algo é significativo para nós mesmo mesmo o caminho para ser atingido é mais simples e prazeroso. Então tenha vontades próprias e coloque os SEUS objetivos à frente dos outros, você vai enxergar como consegue realizar aquilo que ninguém imaginava e vai transformar sua vida.


Uma boa semana para você!!


Escrito por Luciano Arruda, Psicólogo e fundador do Fluidez Mental, seu contato é luciano@fluidezmental.com.br (ele está sempre pronto para te ajudar nesses objetivos importantes).


5 visualizações
 

Formulário de Inscrição

©2020 por Fluidez Mental (Onde o pensamento é livre). Orgulhosamente criado com Wix.com