• Luciano Arruda

Grazie Maestro!

Maio de 1994, eu era um moleque com 16 anos recém completados e estava prestes a realizar o maior feito de minha vida até aquele momento, assistir ao meu primeiro show de Rock ao vivo, pago por sinal com meu primeiro salário ganho na vida.


Junto com alguns amigos me dirigi a saudosa casa de shows Olympia aqui em São Paulo para assistir aos Ramones, quando as luzes da casa se apagam e soam os primeiros acordes da introdução “The Good, the bad and the ugly” minha vida muda completamente, não saberia descrever isso em palavras.


O tempo passa me torno eclético musicalmente falando, e também descubro os filmes de faroeste, estilo que aprecio bastante por sinal. Percebo que aquela introdução do show dos Ramones era parte da trilha sonora do clássico e maravilhoso filme de mesmo título (The good the bad and the ugly) composta pelo genial Ennio Morricone, logo me torno fã de seu trabalho.


Pulamos para 2015, viajo para Alemanha pela terceira vez para assistir novamente ao festival Wacken Open Air, desta vez no entanto, seria primeira em que acompanharia a abertura dos portões, nas duas anteriores cheguei no local somente no dia dos shows (o festival abre seu camping um dia antes dos shows principais).


Curioso após montar minha barraca na área de camping vou até o portão principal para assistir ao show inaugural, e participar da festa de abertura. Pontualmente no horário marcado (alemães), os portões se abrem e nos alto-falantes soam os primeiros acordes de uma das maiores obras primas já compostas na face da terra “Ecstasy of gold”, também de Morricone. Fico literalmente paralisado admirando a cena das pessoas correndo para as grades do palco principal e me vem à cabeça essa cena do filme:




Morricone nos deixou no dia 6 de julho de 2020, então esse pequeno fica como uma homenagem, bem pequena por sinal em relação a grandiosidade de sua obra que marcou esse dois momentos que sem dúvida foram muito importantes na minha vida.


Grazie Maestro!!!


Uma boa semana para você!


Escrito por Luciano Arruda, Psicólogo e fundador do Fluidez Mental, é fã de western e adora fazer caminhadas escutando as trilhas compostas por Morricone, seu contato é: luciano@fluidezmental.com.br


3 visualizações
 

Formulário de Inscrição

©2020 por Fluidez Mental (Onde o pensamento é livre). Orgulhosamente criado com Wix.com